• banner-vestibular-2018-3








Imprimir

Fafram pode ter biodigestor de energia sustentável

banner-biodigstor

Diretor Executivo da FE, Barbosa e Presidente Galassi entregam projeto ao secretário Jardim

Protocolo de intensão foi apresentado ao secretário estadual de Agricultura Arnaldo Jardim

Na segunda-feira, dia 12 de junho, foi entregue ao secretário estadual de Agricultura, deputado estadual licenciado Arnaldo Jardim, e assinado em conjunto com a Fundação Educacional de Ituverava um protocolo de intensão para convênio entre a Fafram (Faculdade Doutor Francisco Maeda) e Governo do Estado de São Paulo.

O secretário recebeu em Ribeirão Preto o presidente da entidade Pedro César Galassi, o diretor executivo Roberto Inácio Barbosa e o diretor da Fafram, professor Doutor Márcio Pereira.

O encontro foi agendado pelo vereador Rafael Fernando Mendonça de Freitas Mattos “Gabirú” e o presidente do PPS, ex-vereador Luiz Araújo. Também participou do encontro o pai do secretário, senhor Aloysio Jardim.

Conforme explicou o diretor da Fafram, o protocolo representa o compromisso para posteriormente efetivar convênio entre a Fafram/Fundação com a Secretaria de Agricultura com objetivo específico de desenvolver ações sustentáveis no campus da faculdade em Ituverava.

De acordo com Pereira, a parceria com o governo, caso se concretize, será especialmente direcionada à destinação adequada de resíduos de origem vegetal e animal, inicialmente com biodigestor para coleta dos dejetos de suínos e bovinos que gerará energia elétrica sustentável para a manutenção das instalações da Fafram.

“A Fafram funcionará como projeto piloto que será disponibilizado para a Secretaria de Agricultura desenvolver projetos de capacitação dos municípios que compõem o Comam [Consórcio dos Municípios da Alta Mogiana], favorecendo agricultores de 23 municípios da região”, explica Pereira.

“Os resíduos orgânicos que sobrarem também serão usados para fazer compostagem para a fabricação de substrato juntamente com resíduos vegetais que serão obtidos através de trituração de mudas de galhos e posteriormente embalado e disponibilizado para comunidade como fertilizante”, completa o diretor.

O projeto foi elaborado por uma equipe de professores e pesquisadores da Fafram. A secretaria estadual de Agricultura, hoje chefiada pelo deputado ituveravense Arnaldo Jardim, já desenvolve trabalhos relacionados à parte de sustentabilidade para pequenas propriedades agrícolas do estado de São Paulo.

A Fafram se responsabilizaria da parte técnicas com professores e alunos como estagiários e a infraestrutura no seu espaço físico e a secretaria com aporte para instalação do biodigestor e compra de equipamento para a trituração dos galhos que seriam descartados dentro do campus.

O presidente da FE agradeceu o apoio do secretário da Agricultura ao projeto. “A nossa entidade hoje é de grande relevância para Ituverava e região e um projeto desta magnitude beneficiária todos os municípios do Comam, sendo o secretário Arnaldo ituveravense que conhece a seriedade da Fundação e a qualidade da Fafram, acredito que em breve este projeto se tornará realidade através da parceria com a Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Abastecimento”, destacou Galassi.

Fonte: Jornal O Progresso