• banner-site-vestibular-2019-1a
  • banner-congresso-2018
  • banner-bradesco








Imprimir

FFCL promove 1º Encontro Profissionais do Futuro

banner profissionais do futuroEvento aconteceu na Escola Capitão Antônio Justino Falleiros sobre carreiras e áreas que podem.

Na quinta-feira, dia 13 de setembro, aconteceu o 1º Encontro de Profissionais do Futuro, promovido pela FFCL (Faculdade de Filosofia Ciências e Letras) na Escola Estadual de Ensino Médio Capitão Antônio Justino Falleiros.

O objetivo foi de atingir cerca de 200 jovens, maioria estudantes inscritos de segundo e terceiro ano do ensino médio. O evento teve cinco etapas, com cinco palestras,que através da pesquisa realizada com os alunos, com levantamento que foram apresentadas carreiras e áreas que desejam e podem seguir. A abertura foi proferida pelo professor da FFCL professor Matheus Tokairin, tendo em seguida o professor Rodrigo Ricardo abordando sobre tecnologias e engenharias, simultaneamente com a aluna Júlia Gomes que tratou “Os desafios da vida universitária”.

“Negócios do futuro” foi o assunto proferido pelo professor Gabryel Sola e finalizando com a Professora Letícia Nicioli, com o tema “Profissões do campo e os novos desafios”. Conforme explicou o professor Matheus, esse projeto foi proposto pela Fundação Educacional, sendo ligado à área de extensão acadêmica. “Pelo contexto que o país está passando, que as fundações, as universidades, elas têm que se aproximar ainda mais, principalmente da escola pública, oferecer esses recursos, para que estes jovens tenham opções, para que a gente possa apoiar a tomada de decisão deles”, explicou o professor responsável pelo projeto. “A Fundação Educacional busca colaborar com o ensino de qualidade em todas as etapas da educação”, argumentou.

De acordo com Tokairin, a entidade mantenedora da FFCL e da Fafram e dos Colégios Nossa Senhora do Carmo-Coc e Liceu Van Gogh-Anglo, defende o processo de construção de uma sociedade justa, igualitária e democrática. “Isso transita fundamentalmente pela promoção do indivíduo no exercício de sua cidadania plena”, lembrou. “Assim como o ensino e a pesquisa, os projetos de extensão acadêmica estão comprometidos com o desenvolvimento social e econômico da nossa região, que neste projeto específico da escola Justino busca auxiliar os jovens estudantes a compreenderem melhor a importância do estudo para a construção de sua vida e realização de seus sonhos”, comenta o palestrante.

De acordo com a diretora da escola professora Renata Pontes, esse encontro teve seu ponto de partida em agosto, com a presença do diretor da FFCL, professor Doutor Antônio Luís de Oliveira Toca, que dialogou com os alunos, fez a introdução do tema e teve continuidade com o evento. Ainda segundo o professor Matheus Tokairin, o projeto é amplo, embora seja, o primeiro, outros ocorrerão para culminarem com uma Feira de Profissões na escola estadual “É muito importante convidarmos os nossos professores, que têm experiência de mercado e uma excelente formação acadêmica para voltar para a escola pública, compartilhar os conhecimentos, tirar as dúvidas dos estudantes, estimular que essa juventude não desista de cursar uma faculdade e que tenha consciência na escolha da profissão”, completa. Ele informou que os próximos passos do projeto é visitar um conjunto de escolas públicas da região até o final de outubro, tendo o Justino como projeto piloto pela proximidade física e importância que tem para Ituverava. “Uma escola que contribui na formação desses meninos, na tradição que tem pois temos uma grande parte de alunos na FFCL que são do Justino, então temos um compromisso moral de apoiar o máximo possível”, explicou.

O professor e coordenador da Escola Justino, Kleber Gonini Silvestre, um dos organizadores do evento, salientou a importância do assunto abordado, para a vida acadêmica dos alunos. “Eu acho muito interessante as palestras no sentido de todos os alunos resolverem suas angustias e eles terminarem com essa questão de chegar ao final do Ensino Médio e não saberem qual caminho tomar”, salienta o coordenador. “Então nós dividimos pelas áreas de interesse deles e montamos a palestra, com a parceria da FFCL e FAFRAM que nos brindaram com seus professores qualificados para poderem justamente dar a entender aos alunos o quê eles realmente enfrentarão na vida lá fora e também pela faculdade”, comenta Silvestre.

Ele afirmou que a diretora Renata fez o contato com o FFCL e resultou na parceria entre a direção da Escola Justino com a FFCL e a Fafram. “Pretendemos fazer outras, sem dúvidas, justamente para encaminhar esses alunos nossos, especificamente esses que estão saindo, para que eles não fi quem órfãos, para que eles possam ir para uma área que têm interesse, que eles querem muito seguir na vida acadêmica e no trabalho”, finaliza o coordenador da escola.