• banner-site-vestibular-2019-1a
  • banner-congresso-2018
  • banner-bradesco








Fique Sabendo

Imprimir

Alunos do 2º ciclo da Administração e Ciências Contábeis realizaram visita técnica na Fábrica da Coca-Cola em Ribeirão Preto.

banner vista coca 2018

Ocorreu no dia 04 de setembro, terça-feira uma visita técnica dos alunos do 2º ciclo da Administração e Ciências Contábeis na Fábrica da Coca-Cola em Ribeirão Preto.

Na oportunidade os alunos dob orientação e monitoria da companhia puderam conhecer as linhas de produção de envase de refrigerantes e sucos como também puderam conheceram um pouco da história através do museu da empresa.

A Visita foi supervisionada pela Profª Lilian Oliveira e pelo funcionário da FFCL Cássio Costa.

40772596 2175953002677355 1018998321169039360 n

40779128 1892721771022557 7183011543301226496 n

40818593 1779418862095172 2238435739475902464 n

40898165 447672405725745 3244977564564848640 n

Imprimir

Semana Científica de Biologia contou com palestras e minicursos de alto nível.

banner semana biologia 2018

Aconteceu de 01 a 06 de Setembro a XVI SECIBIO – Semana Científica de Biologia que contou com palestras e minicursos de alto nível e palestrantes renomados além do lançamento do Livro: “Guia Ilustrado das Palmeiras do Campus da FAFRAM” do ex Aluno Juliano Aris, apresentações de danças e debates. Estiveram presentes durante a Semana O prof. Dr. Vitor Fernandes Oliveira de Miranda - UNESP, a Profª Drª Rita de Cássia Bianchi - UNESP, Prof. Dr. Marcelo dos Santos Fernandes Coordenador do Curso de Ciências Biológicas da FFCL, o Diretor da FFCL Antonio Luís de Oliveira, todos os alunos do curso, visitantes, familiares e amigos. O Nosso muito obrigado a todos que colaboraram para o sucesso do evento!

DSC08656

DSC08658

DSC08659

DSC08661

DSC08664

DSC08666

Imprimir

Docente de Direito da Fafram defende Doutorado

No dia 10 de agosto foi a vez do Professor André Luís Jardini Barbosa, docente do curso de Direito da Fafram (Faculdade Doutor Francisco Maeda) defender seu Doutorado na Faculdade Autônoma de Direito – FADISP.

banner-jardiniEle teve a orientação do Professor Doutor Henrique Garbellino Carnio. A tese, cujo título é “O excesso policial e o excesso de polícia – a incompatibilidade entre o sistema atual de atuação policial e o Estado democrático de direito” trouxe importantes reflexões para a segurança pública e foi aprovado com a nota máxima por unanimidade. Para ele, “essa conquista representa a realização de um sonho que tenho nutrido desde que decidi me dedicar à vida acadêmica”. “Na verdade, nunca deixei de estudar, e precisamos buscar o aprimoramento a cada dia mais”, ressalta. Ele atua nas disciplinas Direito Penal (Parte Especial), Responsabilidade Civil e Tópicos Especiais de Direito. Para ele, na vida profissional, a qualificação e especialização devem constituir uma constante no mundo do Direito, pois muda em uma velocidade impressionante. “O profissional que não entender essa dinâmica, certamente fi cará para trás”, alerta.

Perguntado sobre o tema, o professor declarou que “nasceu da minha atividade profissional, quando percebo que, muitas vezes, os órgãos policiais não estão preparados para o atendimento de algumas demandas sociais que acabam sendo impostas a eles mesmo que não sejam propriamente problemas de polícia”. “A população, por sua vez, não consegue compreender até que ponto as Polícias estão ou não obrigadas ou aptas a agir, o que acaba prejudicando o trabalho como um todo”, frisa sobre o trabalho concluído. Barbosa é graduado pela Faculdade de Direito de Franca. Especialista em Processo Penal pela EscolaPaulista da Magistratura/ EPM, Mestre em Direito pela UNESP/Franca, além do doutorado recentemente conquistado Ele atua como professor universitário desde 2012.

Fonte: Jornal O Progresso

Imprimir

Professora de Direito da Fafram defende Doutorado

No dia primeiro de agosto, a Professora Ana Paula Bagaiolo Moraes, docente do curso de Direito da Fafram (Faculdade Doutor Francisco Maeda), defendeu seu doutorado na Universidade Presbiteriana Mackenzie.

banner-bagaioloEla teve a orientação do Professor Doutor Vicente Bagnoli. A tese, cujo título é “O etanol como instrumento de desenvolvimento na política energética brasileira” trouxe importantes reflexões para os produtores do segmento sucroalcooleiro, contribuindo, assim, com o agronegócio na região. Ela foi doutoranda pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e bolsista pela Capes. Ana Paula iniciou Doutorado em agosto de 2014 e concluiu em agosto de 2018. Para a Doutora, essa conquista representa a realização de um sonho antigo. Desde a graduação, ela foi bolsista da Fapesp para iniciação científica. “O que me trouxe o amor pela pesquisa e pela docência”, lembra.

“Pouco depois que terminei a graduação quis seguir definitivamente pela vida acadêmica, o que me motivou a seguir pelo Mestrado e depois pelo Doutorado”, ressalta. “Acredito que a qualificação do docente é fundamental para a condução dos alunos e a qualidade do ensino. O doutorado foi, sem dúvida, a etapa mais difícil, por isso agradeço muito a todos que me auxiliaram nessa caminhada”, completa a Doutora. Ela ministra nas disciplinas de Direito Civil: Introdução ao Direito Civil II, Direito das Obrigações, Direito de Família e Direito
das Sucessões. Segundo ela, no entanto, o mercado de trabalho exige profissionais cada vez mais atualizados, que consigam pensar para além da legislação, de forma crítica e respeitosa com relação ao próximo.

“Nós como professores nos comprometemos com essa missão e, ainda, com o dever de transformar nossos alunos em profissionais que estejam aptos a trabalhar nesse novo cenário”, afirma. “As mudanças são pungentes:

Reforma Trabalhista, alteração do Código de Processo Civil, Feminicídio e os novos formatos da Advocacia são apenas alguns exemplos disso”, salienta. “Assuntos relacionados à internet, proteção de dados, big data são outros que despontam e precisam ser pensados e trabalhados nesse futuro próximo”, explica. Ela acredita, portanto, que “os docentes devem se manter atualizados para conduzir os alunos nessa nova realidade, para que se tornem profi ssionais bem sucedidos.” Ana Paula informou que a escolha do tema decorreu da realidade da região, que é essencialmente agrícola. “A escolha pelo etanol, pelo açúcar e cana-de-açúcar foi em virtude da questão energética e dos momentos que passamos pelo desabastecimento desse combustível. Acredito que essa reflexão se fazia necessária e que tinha bastante relação com o nosso contexto regional”, observa. A professora da Fafram é graduada em Direito pela Faculdade de Direito de Franca, Pós Graduada pela FAAP de Ribeirão Preto em Direito do Agronegócio, Mestre em Direito Internacional pela Unesp de Franca e Doutora em Direito Político e Econômico pela Universidade Presbiteriana Mackenzie Ela atua como docente de Direito desde agosto de 2011, quando terminou meu mestrado. A banca examinadora foi composta por Dr. José Maria Arruda de Andrade, Dra. Mônica Herman Salem Caggiano, o orientador Dr. Vicente Bagnoli e Dr. Fabiano Dolenc Del Masso, além da Dra. Carolina
Maria Lembo que compôs a banca por Skype por morar fora do país.

Jornal O Progresso