• banner-site-vestibular-2019-1a
  • banner-congresso-2018
  • banner-bradesco








Imprimir

FFCL de Ituverava participa do Projeto Rondon

banner alunos rondon

Faculdade de Ituverava esteve em São José da Laje/AL com outras instituições referências como USP, UNESP e UFSCAR

Alunos e professores da FFCL (Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ituverava) foram selecionados e participaram do projeto Rondon, que aconteceu de 13 a 29 de julho.

Eles apresentaram na noite de sexta-feira, dia 24 de agosto para alunos, professores e o diretor da instituição de ensino de Ituverava, Professor Doutor Antônio Luís de Oliveira “Toca” e abordaram sobre o período que viveram.

O Projeto Rondon, sob coordenação do Ministério da Defesa, é conduzido em estreita parceria com o Ministério da Educação, o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, o Ministério da Saúde, o Ministério do Meio Ambiente, o Ministério da Integração Nacional, o Ministério do Esporte e a Secretaria de Governo da Presidência da República. É uma ação interministerial do Governo Federal realizada em coordenação com os Governos Estadual e Municipal que, em parceria com as Instituições de Ensino Superior, reconhecidas pelo Ministério da Educação, visa a somar esforços com as lideranças comunitárias e com a população, a fim de contribuir com o desenvolvimento local sustentável e na construção e promoção da cidadania.

O Projeto Rondon prioriza, assim, desenvolver ações que tragam benefícios permanentes para as comunidades, principalmente as relacionadas com, a melhoria do bem estar social e a capacitação da gestão pública. Busca, ainda, consolidar no universitário brasileiro o sentido de responsabilidade social, coletiva, em prol da cidadania, do desenvolvimento e da defesa dos interesses nacionais, contribuindo na sua formação acadêmica e proporcionando-lhe o conhecimento da realidade brasileira.

Estiveram representando a faculdade de Ituverava, os professores Reinaldo Tsuyoshi Igarashi e Saulo de Souza Rodrigues e oito alunos: Elaina de Sousa Silva, Larissa Ferreira Guaresmin, Letícia Ferreira Guimarães da Silva, Mariana Cristina de Oliveira Silva, Miquéias Simões de Oliveira, Ricardo Vitor Cardoso Januário, Vinícius Rodrigues e Rafael Henrique da Silva.

Antes, porém, a FFCL submeteu um projeto ao Ministério da Defesa e foi escolhida para participar do Projeto Rondon - Operação Palmares - juntamente com outras Instituições de Ensino Superior (IES) do Brasil inteiro. No total eram 44 inscritos do Brasil todo e a FFCL foi uma das 12 IES aprovadas para esta operação.

O grupo de Ituverava executou as atividades no município de São José da Laje/Alagoas. Porém, a logística de ida e volta contou com uma estadia em Maceió/AL, para o evento de abertura, reuniões internas no 59º Batalhão de Infantaria Motorizado, no qual ficaram alojados. Já em São José da Laje ficaram no Tiro de Guerra local.

O professor Reinando Igarashi, do curso de Ciências Contábeis, falou sobre a importância e as lições da participação no Projeto.

“A motivação se deu pela oportunidade dos alunos da FFCL poderem conviver com outros alunos e professores do Brasil inteiro, militares, e principalmente fazer com que nossos alunos tivessem uma visão da sociedade mais ampla”, ressaltou.

“Nestes dias eles organizaram e ministraram oficinas para a população de São José da Laje, possibilitando uma experiência de colocar na prática o conhecimento aprendido em sala de aula”, completou o professor.

Para ele, destaca-se ainda a importância em colocar a FFCL de Ituverava junto com outras IES referências como USP, UNESP, UFSCAR na execução do Projeto Rondon e ter a certeza que os alunos desempenharam o papel tão bem quanto os alunos destas outras instituições.

“A experiência é única”, definiu Igarashi. “O lema do Projeto Rondon é ‘Lição de vida e cidadania’ e lá pudemos ter experiências que nunca em outro momento da vida ou em nenhum outro lugar nós teríamos”, descreveu o professor.

“Acredito que o principal ensinamento foi ver que a felicidade das pessoas não tem nada a ver com sua classe social ou com os bens que você possui”, comenta Igarashi.

“Conhecemos pessoas que vivem em situação crítica, extremamente carentes que não reclamam da situação que estão mas que são agradecidas pelo pouco que tem”, observou o professor.

Ele acredita que os alunos puderam ter uma visão de mundo muito maior. “Com certeza os alunos terão uma visão mais humana e entender os problemas sociais do Brasil mais claramente”.

“O Projeto consiste em uma articulação entre FFCL, Ministério da Defesa, Prefeitura de São José da Laje e Governo do Estado de Alagoas, sendo complexa a comunicação e a organização das atividades entre as instituições”. 
Ele afirmou que entre as dificuldades, foi permanecer os 17 dias longe de casa. Além da FFCL, a UNIVALI (Universidade do Vale do Itajaí/SC) participou do projeto conjuntamente, dividindo as atividades rotineiras e permanecendo no mesmo local.

Os alunos são de diferentes cursos e a grande maioria não se conhecia até o Projeto. Nestes dias eles tiveram que fazer as refeições juntos, dormir em quartos compartilhados, lavar roupas, organizar as atividades em grupo entre outras atividades.

“No final o grupo tornou-se uma grande família. Todos se ajudavam, surgindo grandes amizades entre FFCL e UNIVALI”, definiu o professor da faculdade de Ituverava. Ele, no entanto, ressaltou que “primeiramente é um orgulho ver a FFCL participando de um projeto como este, de âmbito nacional e em conjunto com IES referências no Brasil. O Projeto Rondon mostrou que os alunos da FFCL têm o mesmo potencial que os alunos da USP, UNESP e UFSCAR por exemplo”.

Segundo ainda Igarashi, a população de Alagoas foi muito acolhedora com a comitiva. “Desde o primeiro contato, ainda por telefone, e-mail e WhatsApp, eles nos ajudaram na execução das atividades”, contou.

“Em todos os lugares que fomos a população nos recebia com festa, pediam para tirar fotos, queriam conversar conosco. Um dos fatos que evidencia isso foi a nossa chegada e a despedida, no qual fomos recebidos com uma grande festa, honras militares e muito choro na despedida”, conclui o professor.

Alunos 2
Alunos e professores da FFCL participaram do Projeto Rondon com diretor durante palestra sobre a participação
Vinicius 3
Alunos participam do Projeto Rondon em São José da Laje/AL com a bandeira da Fundação Educacional de Ituverava

Fonte: Jornal O Progresso