• banner-vestibular-FAJOB-2020-2
  • banner-VESTIBULAR2020-2-fafram
  • banner-vestibular-ffcl-2020-2
  • banner-comunicados
  • banner-forme-facil3








Imprimir

FAFRAM e FFCL alcançam nota 4 em índice do MEC

Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição foi divulgado na última quarta-feira, 4 de dezembro

Mais uma vez as instituições de Ensino Superior mantidas pela Fundação Educacional de Ituverava, Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFCL) e Faculdade Dr. Francisco Maeda (Fafram), estão entre as melhores da região. É o que aponta o Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição (IGC) e o Conceito Preliminar de Curso (CPC), divulgados oficialmente na última quarta-feira, 4 de dezembro, pelo Ministério da Educação (MEC).

As duas instituições obtiveram nota 4, em uma escala que vai de 1 a 5, são consideradas de excelência. De todas as faculdades avaliadas apenas 14,5% receberam nota 4, apenas 1,5% receberam a nota máxima.

Na região de Ribeirão Preto, as instituições de Ituverava ficaram entre as mais bem colocadas. “Esse índice é referente ao ano de 2012 e, é um dos mais importantes indicadores de qualidade do MEC, pois leva em consideração uma série de critérios, como projeto pedagógico, quadro de docentes, infra-estrutura e desempenho dos alunos”, explica o presidente da Fundação Educacional de Ituverava, Paulo César da Luz Leão.

Ensino de qualidade
“O índice demonstra que a FE tem cumprido o seu papel de oferecer ensino de qualidade, se consolidando cada vez mais como uma referência regional na área de Educação. Para isso, a Fundação busca sempre oferecer as condições adequadas para os seus alunos e docentes”, diz.

A qualidade de ensino da FE, de acordo com o diretor da FFCL, Antônio Luis de Oliveira (“Toca”), foi fundamental para nota da avaliação do MEC. “É uma instituição com estabilidade, que segue sua política de qualidade e busca sempre capacitar o corpo docente”, ressalta Toca.

O diretor da Fafram, Márcio Pereira, também fala sobre a ótima avaliação. “Esta é a quinta edição consecutiva que a Fafram alcança a nota 4. Isso é conseqüência do trabalho da mantenedora, da direção e coordenação, dos docentes e alunos”, enfatiza.

Reconhecimento é fruto do trabalho sério e voltado aos interesses da FE
De acordo com o presidente da FE, Paulo César da Luz Leão, a nota 4 alcançada pelas duas faculdades trará ótimos resultados. “Certamente dará ainda mais visibilidade às instituições, atraindo novos alunos. Além disso, a avaliação dá mais renome às instituições e, conseqüentemente, mais peso ao diploma dos alunos”, diz.

“É importante lembrar, que para compor esse índice, a opinião do aluno também foi levada em consideração. Sob orientação das instituições, eles responderam a um questionário e, 95% deles afirmaram que estão totalmente satisfeitos com a qualidade da instituição’, observa Leão.

O diretor-executivo da FE, José Eduardo Mirandola Barbosa, também falou sobre a conquista. “A obtenção desta nota demonstra a lisura, dedicação, seriedade e comprometimento de todos os envolvidos no alavancamento do ensino superior em nossa cidade, o que reflete em cursos de excelência. Apesar das agruras enfrentadas, a FE, como sempre, jamais se distanciou de sua responsabilidade de propiciar uma educação de qualidade, que gerou o lema ‘De educação de qualidade a gente entende’”, afirma.

“Os méritos são sem dúvidas de seus principais maestros, os diretor Márcio Pereira e Antônio Luis de Oliveira (‘Toca’), além da coordenadora de cursos Maria Amália Brunini e de todos os colaborares da instituição, que direta ou indiretamente também são responsáveis por esta conquista. Também é importante destacar o brilhante trabalho desenvolvido pelo presidente Paulo César da Luz Leão, em nome de quem agradeço ao apoio e confiança do Conselho de Curadores desta instituição, que muito tenho orgulho em fazer parte”, completa.

Fonte: Tribuna de Ituverava