• banner-vestibular-2020
  • banner-forme-facil3








Imprimir

Liceu Van Gogh - Anglo lança projeto Educanglo

O Liceu Van Gogh - Anglo, instituição mantida pela Fundação Educacional de Ituverava, lançou dia 16 de abril, o Educanglo, projeto desenvolvido pela psicóloga da escola, Francisca Mechi Ribeiro dos Santos de Paula.

 

Segundo ela, o propósito é formar um grupo de estudos entre pais, professores e funcionários, para discutir as dificuldades atuais e angústias de educar os filhos e alunos.

De acordo com a psicóloga, a escola acredita na importância desse espaço de intercâmbio de informações. “E foi nesse clima que aconteceu o primeiro encontro, no dia 16, quando reuniu mais de 50 pais de alunos da Educação Infantil, que abraçaram essa causa”, afirma Francisca.

Aprovação

Os pais aprovaram a iniciativa da escola. “Achei muito importante, uma vez que constrói um laço entre pais e educadores. Também vale ressaltar a melhora do relacionamento entre pais e filhos, pois a educação não parte somente da escola, mas principalmente da rotina familiar”, afirma Juliana Ferreira Jorge Jammal, mãe da aluna do Pré I, Ana Júlia Ferreira Jammal.

 

“O encontrou me proporcionou a oportunidade de enxergar melhor as limitações da convivência entre pais e filhos, demonstrando o amor sempre, tendo em vista que as crianças percebem este sentimento nos pequenos gestos do dia-a-dia”, diz Juliana.

Imprimir

FE doa qunize kits de enxoval a gestantes

A Fundação Educacional de Ituverava, através de seu presidente César Luís Mendonça, doou, 15 kits de enxoval para as gestantes que recebem atendimento e concluíram o curso de gestantes no Posto de Saúde do Jardim Independência/Bicão e Unidade Básica de Saúde “Alcides Mesquita Garcia Júnior”.

Os kits são compostos por um pacote de fraldas, cotonete, sabonete infantil, xampu infantil, talco e lenço umedecido. “É um kit para auxiliar as gestantes nos primeiros cuidados com seus filhos”, explica o superintendente da FE, Luís Olavo Alves (“Luque”).

“Nosso compromisso é incentivar esses cuidados que são fundamentais para o primeiro estágio de vida da criança”, ressalta.

Ao longo do curso, as participantes recebem palestras educativas com médicos, enfermeiras, dentistas, psicólogas, nutricionistas e fisioterapeuta.

“O objetivo é oferecer, além do acompanhamento de pré-natal, alguns produtos considerados essenciais no momento do nascimento da criança”, afirma a enfermeira Aline Costa Cirilo.

“Agradeço a Fundação Educacional de Ituverava, que presenteou as gestantes com os kits”, completa Aline.

Fonte: Tribuna de Ituverava

Imprimir

Ituverava atende exigências do MEC para curso de Medicina

Portaria Normativa para o próximo edital do Ministério da Educação foi publicado dia 2 de abril

Nesta semana, o sonho do curso superior de Medicina ficou muito mais próximo de se tornar realidade em Ituverava. Foi publicado ontem, 2 de abril, no Diário Oficial da União, a Portaria Normativa para o próximo edital do Ministério da Educação para autorização de funcionamento de curso de graduação em Medicina por instituição de Educação Superior privada. Desta vez, Ituverava atende a todas as exigências do documento, que é uma prévia do edital, previsto para ser publicado no Diário Oficial nos próximos dias. 

As exigências da Portaria Normativa são número de leitos do Sistema Único de Saúde (SUS) equivalente ao número de alunos do curso; existência de Equipes Multiprofissionais de Atenção Domiciliar (EMAD); número de alunos por Equipe de Atenção Básica (EAB); existência de leitos de urgência e emergência ou Pronto-Socorro; grau de comprometimento dos leitos do SUS para utilização acadêmica; existência de Programas de Residência Médica nas especialidades prioritárias, conforme legislação de vigência; adesão pelo município ao Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade na Atenção Básica (PMAQ); existência de Centro de Atenção Psicossocial (Caps), e hospital de ensino ou unidade hospitalar com potencial para ser certificado como hospital de ensino, conforme legislação de regência.

O assunto foi discutido em reunião realizada ontem, quanta-feira, 2 de abril, na Santa Casa de Misericórdia, onde estiveram o secretário municipal da Saúde, Dr. Gonçalves Aparecido Dias; o conselheiro da Fundação Educacional de Ituverava e presidente do Conselho de Administração da Santa Casa, Luiz Carlos Rodrigues (“Busa”); o diretor-executivo da FE, Roberto Inácio Barbosa; o diretor da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFCL), Antônio Luis de Oliveira (“Toca”) e o tesoureiro da Santa Casa, Bruno Baldo Filho.

Inscrição

Segundo o secretário municipal da Saúde, Dr. Gonçalves Aparecido Dias, assim que o edital for publicado no Diário Oficial, o município deverá se inscrever para tentar ser contemplado com o curso superior de Medicina. “Depois que o município se candidatar, ele recebe uma visita técnica do MEC para avaliar se a cidade tem condições de receber o curso. Após parecer favorável nesta avaliação, poderemos ser contemplados”, afirma.

“Vale lembrar que essas exigências que constam na Portaria Normativa existem para que a cidade tenha estrutura adequada para receber o curso de Medicina, especialmente para atender as aulas práticas dos estudantes, que acontecem nos PSFs, no Ambulatório Médico de Especialidades (AME) e na própria Santa Casa de Misericórdia”, ressalta o secretário da Saúde.

Segundo o diretor da FFCL, Antônio Luis de Oliveira (“Toca”), as expectativas são bastante positivas. “Ituverava, cidade considerada referência em Educação e Saúde, têm todas as chances de ser contemplada com o curso de Medicina, pois atende a todos os requisitos necessários da Portaria Normativa, que serão os mesmos do edital a ser publicado”, finaliza.

Trabalho

Desde o final de 2013, o Poder Público, a Fundação Educacional de Ituverava e a Santa Casa de Misericórdia têm trabalhado em conjunto para implantar o curso superior de Medicina em Ituverava.

Por ter preenchido todos os requisitos exigidos pelo MEC, a cidade tem grandes chances de ver este sonho se tornar realidade em breve. 

Fonte: Tribuna de Ituverava

Imprimir

22ª Agrishow - Fafram e FFCL estiveram presentes

A Faculdade Dr. Francisco Maeda (Fafram) e Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFCL), instituições mantidas pela Fundação Educacional de Ituverava, estiveram presentes na 22ª Agroshow, onde foi montado um estande com informações sobre os cursos oferecidos pelas faculdades.

Márcio Pereira, diretor da Fafram considera positiva a participação da instituição nesta 22ª edição. “A Fafram participa do agrishow desde a sua 1ª edição. Esse ano nosso estande foi muito visitado por alunos de escolas agrícolas, produtores rurais, empresários dos diversos segmentos dos setores do agronegócio e por pessoas interessadas em fazer cursos oferecidos pelas duas mantidas da Fundação Educacional de Ituverava, Fafram e FFCL”, afirma o diretor da Fafram.

“Tivemos a oportunidade de apresentar projetos desenvolvidos em nossa instituição e fazer contatos com as empresas para consolidar as parcerias já existentes e fazer novas parcerias para o desenvolvimento de novos projetos, convênios para estágios de nossos alunos e colocação no mercado de trabalho para nossos alunos egressos”, diz Márcio Pereira.

agrishow2015-4

agroshow2015-1

 

 

agrishow2015-5

 

agrishow2015-2

agrishow2015-3

Imprimir

Alunos do Projeto Integração Grêmio Ituveravense recebem uniformes

O Projeto Integração Social do Grêmio Ituveravense, escolinha de futebol mantida pela Fundação Educacional de Ituverava, recebeu no último sábado, dia 28, a doação de uniformes para as crianças carentes do projeto.

Os uniformes foram patrocinados pela Fundação Educacional de Ituverava, José Eduardo Imóveis, Biosoja, Auto Escola e CFC Rabelo, Ribeiro Filho Acabamentos para Construções e Max Serv Prestadora de Serviço. O presidente da Fundação Educacional de Ituverava César Luiz Mendonça fez a entrega para o treinador do projeto, Sílvio César Camargo (“Da Pinta”), no Centro Poliesportivo e de Eventos “Alexandre Moysés – Bueno”.

O objetivo é oferecer treinamento nas modalidades futebol e futsal, para valorizar a prática esportiva como ferramenta de educar. Segundo o treinador, a ação é mais um incentivo ao trabalho sócio-esportivo que vem sendo realizado. “Este tipo de ação viabiliza continuar o projeto de educar através do esporte. Muitos jovens hoje são sedentários, passam grande parte do dia em frente a televisão, computador, ou mesmo se envolvendo com a violência das ruas, através do projeto conseguimos estimular o interesse pelo esporte, além de educá-los por meio da inclusão social”, destaca Da Pinta.

“Agradeço à diretoria da Fundação Educacional de Ituverava e a todos envolvidos neste projeto, que direta ou indiretamente, nos apoiam através de patrocínios e doações, nos permitindo obter recursos para desenvolver este projeto”, conclui o treinador.

Projeto

O Projeto foi iniciado dia 1º de maio de 1993, e completa 21 anos no próximo mês. Atualmente são 86 alunos cadastrados, entre 6 e 14 anos. As aulas acontecem às quintas-feiras e sábados, no campo do Centro Poliesportivo e de Eventos “Alexandre Moysés – Bueno”. Recentemente o projeto foi expandido, e passou a atender também o público feminino, já contando com 16 alunas cadastradas.

Fonte: Tribuna de Ituverava

Imprimir

Comunicados da Fundação Educacional de Ituverava

 
A Fundação Educacional de Ituverava disponibiliza à comunidade acadêmica e a quem interessar os seguintes comunicados: