• banner-forme-facil3
  • banner-comunicados
  • banner-VESTIBULAR2020-dez








Imprimir

Palestra com escritor Emílio Figueira na FFCL

Emílio Figueira, que teve paralisia cerebral, é psicólogo, psicanalista, teólogo e escritor.

No dia 28 de janeiro o psicólogo, psicanalista, teólogo e escritor Emílio Figueira, proferiu palestra no Salão Nobre da Fundação Educacional de Ituverava. Ele esteve na cidade a convite da instituição de ensino para falar sobre Inclusão Social, em um evento voltado aos colaboradores da FE.
 
Devido asfixia que sofreu ao nascer, Emílio Figueira e teve paralisia cerebral em 1969, ficando com seqüelas na fala e movimentos. No entanto, esse problema nunca o abateu. Dedicou-se às artes, como literatura, teatro e pintura, e ainda se sobressaiu na produção científica, com graduações, mestrados e doutorados, além de publicação de artigos e monografias no Brasil e exterior. Atuou também como professor e jornalista.
 
Para falar com a platéia, devido à sua limitação, Figueira levou a sua palestra narrada por um amigo radialista, que utilizando as palavras escritas por ele explicou sobre os meios de inclusão no sistema educacional brasileiro.
 
“Por ter paralisia cerebral, sou pesquisador e militante atuante dos movimentos das pessoas com deficiência no Brasil desde os anos 70. Minha palestra é um misto das experiências pessoais por ter uma deficiência motora, mas também como um pesquisador e professor da área”, explica.
 
Temas abordados
Ele abordou os temas: “Um pouco da história das pessoas com deficiência no Brasil”, “Os três momentos pedagógicos voltados aos educandos com necessidades educacionais especiais”, “A ansiedade no processo de Educação Inclusiva”, “O desenvolvimento global do aluno e os efeitos positivos das deficiências” e “Pontos para uma boa Educação Inclusiva”.
 
“A Psicologia Existencial fala que se uma pessoa nasce uma deficiência ou adquire durante a vida, é uma fatalidade que ninguém pode mudar. Mas o importante mesmo, é o caminho que a pessoa toma. Ela pode se entregar à deficiência, passar a vida se lamentando e se escondendo, ou reagir, buscando uma vida cheia de possibilidades, e foi isso que fiz”, completa. 
 
O diretor da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFCL), Antônio Luis de Oliveira (“Toca”) falou sobre a palestra. “Ela vem ao encontro da política de inclusão da FFCL, que tem o objetivo de fazer com que alunos com distúrbios de aprendizado possam estudar na instituição de ensino normalmente”, finaliza.
 
Imprimir

Agromais oferece consultoria a empresas e produtores

Empresa júnior da Fafram é formada por alunos dos cursos de Agronomia e Medicina Veterinária

A Preocupação da Fundação Educacional de Ituverava com uma formação qualificada e com a atuação de seus alunos na sociedade sempre foi grande.

Entre os vários projetos que englobam a formação acadêmica do aluno quanto o seu trabalho em benefício das pessoas, está a empresa júnior Agromais Assessoria e Consultoria, constituída no início dos anos 2000, na Faculdade Dr. Francisco Maeda (Fafram).

O principal objetivo da empresa, de acordo com o diretor da Fafram, Márcio Pereira, é oferecer consultoria e serviços a empresas e produtores rurais, atendendo às áreas agrícola e veterinária, envolvendo os mais diversos assuntos, como plantio, colheita, criação de pequenos, médios e animais de grandes animais. 
“É um projeto muito importante para a instituição, porque os estudantes ficam diretamente em contato com empresas, além de promoverem o Dia de Campo, evento realizado anualmente pela Fafram”, observa o diretor. 
“A consultoria e os serviços prestados pelos alunos é importante para a vida profissional, pois dão subsídios para que eles vivenciem, ainda na faculdade, situações que se depararão ao longo de suas carreiras. Para a Agromais prestar uma consultoria, é cobrada uma taxa, que é investida em seus próprios projetos”, ressalta o Pereira.

Importância do trabalho
Em entrevista concedida à Tribuna de Ituverava, o aluno do curso de Agronomia, Davi Del Bianco Maia, presidente da Agromais, falou sobre a importância do trabalho desenvolvido pela empresa, e relembrou sua trajetória.

“Quando foi fundada, nos anos 2000, a empresa foi presidida por Carlos Araki. Nesse início, a empresa sempre teve uma atividade intensa na área de projetos para financiamento de crédito rural. Após esta fase, a Agromais ficou inativa por alguns anos”, afirma.

Empresa júnior da Fafram voltou a funcionar em 2011
Em 2011, por iniciativa do diretor Márcio Pereira, as atividades da Agromais Assessoria e Consultoria foram retomadas. “O intuito foi propiciar aos alunos a possibilidade de agregar mais conhecimentos e desenvolvimento do espírito empreendedor”, ressalta o presidente Davi Del Bianco Maia.

Neste período, a convite do diretor Márcio Pereira, o professor Flávio José de Sousa Pereira se tornou o tutor da Agromais. “Junto com ele, o aluno Gustavo Pincerato que se envolveu com o projeto, foi eleito o primeiro presidente da nova era”, ressalta Maia.

“Após a retomada das atividades, a empresa ganhou status entre os alunos da instituição, que passaram a querer integrar o quadro da Agromais, melhorando cada vez mais o padrão de qualidade dos trabalhos. A gestão seguinte foi presidida pelo aluno, Lucas Alexandre Pavani e seu vice, Ricardo Figueiredo. Juntos, eles desempenharam com maestria seus papéis, elevando a Agromais com a realização de seu primeiro Dia de Campo, desafio lançado pelo tutor desde a reativação da empresa”, conta.

Ainda de acordo com Maia, as gestões posteriores deram continuidade ao trabalho que estava sendo desenvolvido na empresa. “A terceira gestão foi conduzida pelo presidente, Luis Gustavo Lopes e pela vice, Glorielly Soares, que deram continuidade ao pensamento de incrementar os trabalhos desenvolvidos pela gestão anterior. Foi essa diretoria que promoveu o segundo Dia de Campo, além de outros projetos”, destaca.

Trabalho 
O atual presidente da Agromais é o aluno Davi Del Bianco Maia; o vice, André Luiz Martins Pires, que vêm mantendo o padrão de desempenho alcançado pela Agromais. “Esta gestão vem realizando projetos, palestras, mini-cursos, workshop, consultorias, além da organização do já tradicional Dia de Campo, o evento carro-chefe da Empresa Júnior Agromais, cuja próxima edição está marcada para o primeiro semestre de 2015. Outro projeto para ocorrer logo em seguida é o workshop do curso de Medicina Veterinária”, anuncia.

Para melhor atender o seu público, a Agromais busca constante atualização, além de realizar pesquisas de mercado com freqüência.

Atual diretoria busca capacitar os estudantes
Todos os membros da diretoria da Agromais são alunos dos cursos de Agronomia e Medicina Veterinária, fazem agendamento para assistir empresas e produtores rurais. Os interessados em receber consultorias devem procurar representantes da empresa, na Fafram.

“Vale destacar que a empresa conta com o apoio da Fafram, que ajuda no desenvolvimento de palestras, dias de campo, seminários, trabalhos sociais, participação em eventos, mini-cursos, workshop e consultorias”, destaca o presidente Davi Del Bianco Maia. 
“A empresa busca, através de projetos e consultorias, aumentar o conhecimento do aluno e fazer com que ele chegue ao produtor rural, levando em consideração o bem da sociedade e do meio ambiente”, diz.

A missão da empresa, segundo Maia, é fortalecer a formação acadêmica dos estudantes, aprimorando a teoria na prática, sempre trabalhando com ética, para desenvolver consultorias de qualidade. “Tudo é feito com trabalho em equipe, honestidade, criatividade, dedicação e empreendedorismo”, complementa.

Fonte: Tribuna de Ituverava

Imprimir

Fundação Educacional adere à Campanha “Outubro Rosa”

Instituição promoverá diversas ações de conscientização e prevenção ao longo do mês
 
Aderindo ao movimento internacional “Outubro Rosa”, a Fundação Educacional de Ituverava preparou diversas atividades para serem desenvolvidas ao longo deste mês. A primeira delas foi a colocação de iluminação especial na fonte na entrada da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFCL), que ocorreu na última semana.
 
Para a próxima segunda-feira, 13 de outubro, a FE programou palestra voltada às suas colaboradoras, esclarecendo dúvidas sobre o câncer de mama.
 
A Fundação Educacional de Ituverava, em parceria com a Santa Casa de Misericórdia de Ituverava e com o AME (Ambulatório Medico de Especialidades) também realiza, no sábado, dia 18 de outubro, mamografias gratuitas em todas as mulheres de Ituverava, na faixa etária de 50 a 69 anos, que é considerado o grupo de risco, e de 40 a 50 anos.
 
No dia de atendimento, que será no AME e na Santa Casa das 7h às 17h, as mulheres precisam levar a fotocópia do CPF e RG, Cartão do SUS e um comprovante de residência.
 
Após este período a Santa Casa e o AME continuam agendando os exames gratuitamente até o dia 31 de outubro.
 
Campanha

De acordo com o presidente da Fundação Educacional de Ituverava, César Luiz Mendonça, o objetivo da adesão à campanha é conscientizar as mulheres sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama.
 
Segundo o Inca (Instituto Nacional de Câncer) o câncer de mama é o tipo mais frequente no mundo, e mais comum entre as mulheres, respondendo por 22% dos casos novos a cada ano. Se diagnosticado e tratado precocemente, as chances de levar uma vida normal são grandes.
 
Imprimir

Alunos do Pibid/FFCL apresentam projetos realizados em 2014

A Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFCL), instituição de Ensino Superior mantida pela Fundação Educacional de Ituverava, realizou na última segunda-feira, 17 de novembro, apresentação dos projetos desenvolvidos ao longo de 2014 pelos alunos participantes do PIBID (Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Doença).

Participaram do evento, realizado no Salão Nobre da FE, professores, convidados, e 35 alunos da FFCL, dos cursos de graduação em Ciências Biológicas, História, Letras, Matemática e Pedagogia. Eles desenvolvem projetos educativos dentro das suas disciplinas, nas Escolas Municipais de Ensino Fundamental “Humberto França” e “Jardim Guanabara”.

O PIBID é um programa do Ministério da Educação, gerenciado pela CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), tendo como principal objetivo incentivar a formação de professores para a Educação Básica e a elevação da qualidade da escola pública.

Iniciação a docência

Como é um programa de iniciação à docência, os participantes são alunos dos cursos de licenciatura que, inseridos no cotidiano de escolas da rede pública, planejam e participam de experiências metodológicas, tecnológicas e práticas docentes de caráter inovador e interdisciplinar, e que buscam a superação de problemas identificados no processo de ensino-aprendizagem.

Em entrevista concedida à Tribuna de Ituverava, o diretor da FFCL, Antônio Luis de Oliveira (“Toca”), fala sobre o PIBID. “É muito bom para os estudantes dos cursos de licenciatura, pois através do PIBID eles participam de estágios que permitem o convívio no ambiente educacional, onde deverão atuar depois de formados”, explica Toca. 

“É um projeto de formação de professores, oferecendo a eles a oportunidade de atuar no desenvolvimento de atividades e projetos juntos a alunos da rede municipal de ensino”, completa o diretor.

Fonte: Tribuna de Ituverava

Imprimir

Dois ex-alunos da FAFRAM farão doutorado pela Unesp

Dois ex-alunos da FAFRAM farão doutorado pela Unesp

Edmilson Rodrigo Daneze e Romeu Moreira dos Santos foram aprovados no processo seletivo em 1º e 3º lugares, respectivamente

Dois ex-alunos do curso de Medicina Veterinária da Faculdade Dr. Francisco Maeda (Fafram), instituição de Ensino Superior mantida pela Fundação Educacional de Ituverava, Edmilson Rodrigo Daneze e Romeu Moreira dos Santos, foram aprovados no processo seletivo para doutorado da Unesp, campus de Jaboticabal. Eles passaram, respectivamente, em 1° e 3° lugares.

Os dois veterinários farão o curso durante quatro anos, na área de Patologia Animal, sob orientação da professora Márcia Ferreira da Rosa Sobreira, graduada em Medicina Veterinária pela Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias de Jaboticabal (FCAVJ) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp), e mestre em Medicina Veterinária e doutora em Medicina Veterinária, na área de concentração em Clínica Médica Veterinária, mesma instituição de ensino.

Edmilson Rodrigo Daneze é formado em Medicina Veterinária pela Fafram. São seus pais Sidnei Daneze e Regina Aparecida Lippi Daneze. 
O médico veterinário formado pela Fafram, Romeu Moreira dos Santos, é filho de Sebastião Romeu Moreira dos Santos e Marlete Aparecida dos Santos e tem as irmãs Márcia Adriana Ferreira dos Santos, Fabiana Ferreira dos Santos e Tassiane Cardoso.

Mestrado
Outro ex-aluno da Fafram que tem se destacado é Christopher Abreu Ravagnani, formado em Direito. Ele foi aprovado no processo seletivo para o mestrado da Unesp de Franca.

Formado em Direito pela Fafram em 2009, Chistopher Abreu Ravagnani é filho de Hugo Anselmo Ravagnani e Lúcia Helena de Abreu e tem os irmãos, Wayne, Hugo e Nabila.

Sucesso
Em entrevista concedida à Tribuna de Ituverava, o diretor da Fafram, Márcio Pereira, falou o sucesso dos alunos formandos pela faculdade. “As aprovações demonstram que além de a Fafram estar qualificada na formação de profissionais para o mercado de trabalho, tem se sobressaído ao inserir estudantes na área de pesquisa científica”, afirma.

“Isso tem ocorrido graças aos investimentos direcionados pela diretoria da Fundação Educacional de Ituverava, além do nível do corpo docente e, é claro, o empenho dos estudantes. Vale lembrar que posteriormente eles poderão voltar à Fafram, dessa vez como professores”, completa.

Fonte: Tribuna de Ituverava

Imprimir

Ciências Contábeis é a Campeã da “1ª Copa Interclasse” Da FFCL

Na final, a equipe venceu o time da Engenharia Civil por 3 a 2 de virada

Na última terça-feira, dia 14, foram disputadas as partidas decisivas da 1ª "Copa Interclasse de Futsal" da Faculdade de Filosofia Ciências e Letras (FFCL). A final foi decidida entre Engenharia Civil e Ciências Contábeis, e a disputa do terceiro ficou entre os Ex-alunos e Administração 2º Ciclo. A equipe dos alunos de Ciências Contábeis venceram por 3 a 2 o time da Engenharia Civil, e conquistaram o título. Os gols foram marcados por Wesley (2) e Alexandre. Para Engenharia Civil Leonardo assinalou os dois tentos.

Terceiro lugar

Na disputa pelo terceiro lugar, o time dos Ex-alunos venceu a equipe da Administração 2º Ciclo por 4 a 1, com gols marcados pelo goleiro Eduardo, Ricardo e Maickon (2). Leonardo descontou para o time da Administração.

Após as partidas, os troféus foram entregues aos times campeão, vice-campeão e terceiro lugar. Também foram premiados o artilheiro do campeonato, Vinícius, da equipe Administração 2º Ciclo, e Matheus, do Ciências Contábeis, recebeu o troféu de melhor goleiro.

Homenageado

A 1ª "Copa Interclasse de Futsal" levou o nome do vice-diretor executivo da Fundação Educacional de Ituverava, Antônio Gonçalves Delgado. Ele falou sobre a importância de torneios dessa natureza para fortalecer o relacionamento de alunos e ex-alunos da instituição de ensino.

“Agradeço aos organizadores do campeonato pela homenagem prestada. Também quero parabenizá-los, bem como aos jogadores participantes e árbitros, responsáveis pelo sucesso do evento esportivo que agitou alunos e ex-alunos da FFCL, que além de promover o fortalecimento dos laços de amizade entre eles, é uma forma de promover uma melhor qualidade de vida por meio do esporte”, afirma Antônio Gonçalves Delgado.

Campeonato

O campeonato, organizado por Silvio César Camargo (“Da Pinta”), começou dia 6 de setembro, foi disputado no Centro Poliesportivo "Alexandre Miguel - Bueno". Os jogos aconteceram aos sábados, com entrada franca. As equipes inscritas foram divididas em Grupo A: Ex-alunos, Administração 2° período, Professores, Promatec e Engenharia Mecânica. No Grupo B: Técnico em Química, Administração 8° período, Ciências Contábeis e Engenharia Civil.

Participação

O torneio reuniu aproximadamente 170 alunos de diversos cursos da faculdade: Química, Engenharia Civil, Engenharia Mecânica, Administração, Ciências Contábeis e História. Além dos professores e até ex-alunos da faculdade. Todos os jogos foram conduzidos pela arbitragem de Agnaldo Costa dos Santos e José Rogério Camargo.

Fonte: Tribuna de Ituverava