Imprimir

Juiz da vara do trabalho e FAFRAM promoveram ciclo de palestras

 

O juiz titular da Vara do Trabalho de Ituverava, Dr. Renato César Trevisani e a Faculdade Dr. Francisco Maeda (Fafram), instituição de Ensino Superior mantida pela Fundação Educacional de Ituverava, promoveram, entre os dias 18 e 21 de novembro, o Ciclo de Palestras – Estudos sobre Direito do Trabalho, Processual do Trabalho e Processual Civil.

O evento marcou o encerramento do curso de extensão ministrado no segundo semestre deste ano, do qual participaram 45 advogados, de Ituverava e região. O Ciclo de Palestras teve apoio da Subseção da Ordem dos Advogados de Ituverava (OAB) e do Banco do Brasil.
Todas as palestras foram proferidas por desembargadores Federais do Trabalho e ocorreram no Salão Nobre da Fundação Educacional de Ituverava. A taxa de inscrição foi de 2 Kg de alimentos não perecíveis, que posteriormente serão destinados a entidades assistenciais do município.

Ciclo palestras
Abrindo o Ciclo de Palestras, dia 18 de novembro, o desembargador Federal do Trabalho, Dr. Samuel Hugo Lima abordou o tema “O Ônus da Prova no Processo do Trabalho”. Na terça–feira, dia 19, o Dr. José Pitas falou sobre o “PJE – Processo Judicial Eletrônico”.
No dia 20 de novembro, Dr. Manoel Carlos Toledo Filho discorreu sobre “O Direito Processual do Trabalho Comparado”; no dia 21, encerrando o Ciclo de Palestras, Dr. Lorival Ferreira dos Santos abordou o tema “Os Novos Direitos dos Empregados Domésticos”.

Sucesso
A coordenadora do curso de Direito da Fafram, Giovana Estela Vaz, comemora o sucesso. “O Ciclo de Palestras encerrou, de forma brilhante, o curso de extensão ministrado pelo juiz titular da Vara do Trabalho de Ituverava, Dr. Renato César Trevisani. O resultado foi excelente e fiquei muito feliz em rever, hoje como advogados, vários ex-alunos da Fafram”, afirma.

“Agradeço e parabenizado ao Dr. Renato César Trevisani pela parceria firmada com a Fafram. Ao longo do curso de extensão e do Ciclo de Palestras, ele demonstrou muita disponibilidade, e ajudou a projetar e consolidar, ainda mais, o nome da Fafram”, completa Giovana.

Importância
O juiz titular da Vara do Trabalho de Ituverava, Dr. Renato César Trevisani, falou sobre o evento. “O Direito deve ser estável e jamais estático, pela máxima de que o Direito deve servir à realidade sob pena dela não servir ao Direito. Em Ituverava não é nem será diferente, tendo em vista a estrutura acadêmica e social do município”, diz.

“O estímulo direcionado neste campo aos operadores do Direito, aos construtores do Direito, torna os embates jurídicos mais técnicos, valendo a máxima de ‘combater o bom combate’. E o jurisdicionado, na condição de maior interessado, sente a diferença da prestação jurisdicional. Isto é o que se observa nos países mais desenvolvidos”, conclui.

 

Fonte: Tribuna de Ituverava