• banner-site-fe








Fique Sabendo

Imprimir

Hospital Veterinário promove ação do Outubro Rosa

Do dia 19 a 23 de outubro, o Hospital Veterinário da Faculdade Doutor Francisco Maeda (Fafram) fará atendimento gratuito para cadelas e gatas com suspeitas de câncer de mama e fará cadastro para o projeto castração gratuito, como método preventivo do câncer de mama. A ação faz parte do Outubro Rosa, movimento realizado com o intuito de conscientizar a respeito da importância da prevenção do câncer de mama, também em animais. 

Os veterinários Natana Souza Custódio, Priscila Trindade Gimenes e Ricardo Lima Salomão, do Hospital Veterinário da Fafram, que atuaram na campanha, falam sobre a iniciativa. “Existem muitos casos de câncer de mama em cães e gatos. Em felinos a probabilidade de malignidade é maior do que em caninos. Quando o animal apresentar alguma alteração nas mamas, seja um caroço ou vermelhidão, é preciso procurar um médico veterinário, pois, quanto mais cedo o diagnóstico, mais fácil a cura”, observam.

Origem da doença
A causa de câncer nos pets não tem uma única origem, assim como nos humanos. Estudos comprovam que a maioria das cadelas e gatas com essa enfermidade, é devido a hormônios e senilidade”, ressaltam. 
Ainda segundo eles, a melhor maneira de prevenção é a castração o mais cedo possível, antes até do primeiro cio. “Um mito que a maioria da população acredita é que colocar o animal para cruzar previne o câncer de mama. O não uso de contraceptivos (anticoncepcional) também é um método de prevenção. A forma de tratamento dependerá da classificação do tumor da mama, quadro clínico do animal e da indicação individual do médico veterinário”, completam.

Principais sintomas da doença em cadelas
A detecção precoce do câncer de mama em cachorrinhas é fundamental para que haja eficácia no tratamento da doença e, por isso, é fundamental que os tutores de cadelas estejam sempre de olho no apareci- mento de sinais que podem indicar a presença desse tipo de tumor.

Sendo maligno em mais da metade dos casos, o câncer de mama pode, em muitos casos, não provocar alterações no pet, como tristeza, falta de apetite, febres ou vômitos - fazendo com que este problema se desenvolva de forma perigosamente silenciosa.

Por isso, além de manter a atenção nas possíveis mudanças no corpo do pet, é essencial realizar visitas periódicas ao médico veterinário, permitindo que o animal seja examinado com freqüência e que, com isso, as chances de um diagnóstico precoce aumentem.

Embora, nem sempre, esta terrível doença (que é considerada o principal tipo de câncer a afetar cadelas), provoque sinais nos pets acometidos em fase inicial, há um grupo de sintomas que costuma acompanhar muitas das cachorrinhas portadoras de tumores de mama em estágio já avançado. São eles: caroços na região das mamas do animal, inchaço ou dilatação na área mamária da cadela, dores na região das mamas e presença de secreções nas mamas com odor desagradável.

Fonte: Tribuna de Ituverava

Imprimir

Empresário faz palestra sobre Empreendedorismo

Luiz Carlos Rodrigues (“Busa”) discorreu sobre o tema no Salão Nobre da Fundação Educacional de Ituverava

A Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFCL), instituição mantida pela Fundação Educacional de Ituverava, promoveu na última segunda-feira, 5 de outubro, palestra com o empresário Luiz Carlos Rodrigues (“Busa”), diretor da Busa Comércio e Indústria de Máquinas Agrícolas, conselheiro da FE e da Santa Casa de Ituverava e aluno do curso de Engenharia Mecânica da FFLC.

Ele falou sobre o tema “Oportunidades”, no evento que ocorreu no Salão Nobre da FE, e voltado a alunos de diversos cursos da FFCL e do curso técnico em Administração, da Escola Técnica “Professor José Ignácio de Azevedo Filho”.

De acordo com o palestrante, o tema é de grande relevância. “A princípio seria uma palestra voltada apenas para colegas do curso de Engenharia Mecânica, onde o Marketing é uma das disciplinas. Porém, o evento ganhou grandes proporções e acabou reunindo público suficiente para lotar o Salão Nobre”, diz.

A palestra durou cerca de uma hora e abordou o tema empreendedorismo, sobretudo em época de crise. “O país atravessa um momento muito difícil no que se refere à economia, porém ao mesmo tempo é um período de grandes oportunidades, que sempre surgem em momentos assim. Cabe ao empreendedor enxergá-las”, ressalta.

Elogio

O público presente aprovou a palestra. “Foi uma grata surpresa, pois o palestrante soube passar conhecimentos e nos fez enxergar oportunidades para crescer cada vez mais, mesmo em momentos difíceis, como os que estamos vivendo”, completa a estudante Larissa Freitas de Pádua. 

Fonte: Tribuna de Ituverava

Imprimir

Aluno de Ciências Contábeis da FFCL é Trainee em Multinacional

O aluno do último ano do curso de Ciências Contábeis da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFCL), Lucas Paulino Suavinha, foi contratado como trainee da área de Assuranace (Auditoria) da PricewaterhouseCoopers International Limited (PwC), maior empresa de auditoria do mundo.

A PwC é uma multinacional presente em 157 países, e com quase 200 mil funcionários. O ituveravense optou para concorrer à vaga, pelo escritório de Ribeirão Preto, onde já está trabalhando. Além deste escritório, existem outros 16 em todo o Brasil. 

“Fiquei sabendo do processo seletivo por um funcionário da PwC que esteve divulgando na FFCL, e cadastrei meu currículo no site da empresa responsável pelo recrutamento”, explica o estudante, em entrevista concedida à Tribuna de Ituverava.

Conquista

“Depois da análise curricular, passei por testes de raciocínio lógico, comportamento, dinâmicas, apresentações e entrevistas”, ressalta Suavinha.

Ainda de acordo com ele, conquistar a vaga que é muito importante para seu futuro profissional, foi baseado na meritocracia. “Minhas funções são diversas e todas atreladas às etapas da auditoria contábil. Neste primeiro momento, o maior objetivo é aprender o máximo possível, e colocar na prática os treinamentos realizados”, enfatiza.

FFCL

O jovem ainda relata a importância do conhecimento obtido na FFCL para chegar na multinacional. “Faltando 2 anos para se formar, ou formado há 2 anos, foi um pré-requisito. No entanto, a contribuição da FFCL foi muito mais do isso, pois a contribuição do corpo docente vai muito além da teoria, contribuindo também para o amadurecimento e postura do futuro profissional, o que considero essencial. Além disso, os professores me deram bastante incentivo durante o processo”, completa. 

O ituveravense Lucas Paulino Suavinha, 23 anos, é aluno do quarto ano do curso de Ciências Contábeis da FFCL. Ele é filho de Agnaldo Luiz Suavinha e Rosely Paulino da Silva Suavinha, e tem as irmãs Bianca Paulino Suavinha e Bruna Paulino Suavinha.

Fonte: Tribuna de Ituverava

Imprimir

FFCL promoveu XIII Secibio - Semana de Ciências Biológicas

A Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFCL), instituição mantida pela Fundação Educacional de Ituverava, realizou entre os dias 31 de agosto e 4 de setembro, a XIII Secibio (Semana de Ciências Biológicas). Nestes dias foram proferidas palestras no campus I (FFCL), e realizados minicursos do campus II da FE.

Na última segunda-feira, 31 de agosto, foram proferidas as palestras “Plano de ação nacional para a conservação das espécies ameaçadas da fauna aquática do ecossistema Mogi/Pardo/Sapucaí-Mirim e Grande”, pela representante do Ibama, Eliana Velocci, e “Educação Ambiental, cidadania e sustentabilidade”, pela superintendente do Meio Ambiente da cidade de Colômbia, Maria Inácia Macedo Freitas, que também é coordenadora executiva do Pan e da Câmara Técnica de Educação Ambiental.

Na terça-feira, o tema das palestras foi: “Os superorganismos: biologia e evolução dos insetos sociais”, por Tiago Fernandes Carrijo, do Museu de Zoologia da USP, e “Ecologia de estradas”, pelo mestre em Anestesiologia e Cirurgia Animal e coordenador do Projeto Atropelados, Rafael Ferraz de Barros.

Minicursos

Os minicursos, realizados entre 2 e 4 de setembro, foram: “Estudo dos insetos: taxonomia, morfologia e diversidade”, ministrado pelo doutorando em Entomologia, Diego Aguilar Fachin, e pelo mestrando Diego Sasso; “Paleontologia: um panorama sobre a vida na terra”, pela doutora em Ciências Naturais, Mariela Cordeiro de Castro, e pelo doutor em Ciências, Estevan Eltink; “Resistência bacteriana: aplicando conhecimentos à prática laboratorial”, pela especialista em Gestão em Saúde, Jéssica Cristina Caretta Teixeira; “Parasitologia Animal”, pela graduanda em Medicina Veterinária, Sabrina Nathália Louzada Nogueira; “Anatomia e taxidermia de animais domésticos e exóticos”, abordado pelo biólogo Rangel Rodrigues de Souza Silva, e “Manejo e reprodução de aves silvestres”, pelo biólogo Fernando Luís Beletati.

Importância

O diretor da FFCL, Antônio Luis de Oliveira (“Toca”), destaca que a semana acadêmica oferece aos estudantes oportunidade para o aprofundamento nos estudos. “Eles podem obter conhecimentos teóricos e práticos nos mais diversos assuntos relacionados ao curso que escolheram. A FE tem a preocupação de promover semanas acadêmicas de qualidade, pois sabemos o quanto isso soma ao intelecto e experiência dos futuros profissionais”, afirma.

A aluna do segundo ano, Fabíola de Fátima Junqueira, elogia o evento. “Foi ótimo ter participado da Secibio, pois reuniu palestras e minicursos de muita qualidade, com profissionais capacitados e dispostos a transmitir para nós, alunos, um pouco do conhecimento que possuem”, elogia Fabíola.