• banner-site-fe








Fique Sabendo

Imprimir

Van Gogh - Anglo conquistou a melhor média da cidade no Enem

Os alunos do colégio alcançaram a média 601,8 pontos, considerando as notas da prova objetiva e da redação

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou no dia 5 de julho, as notas por escola da edição do ano passado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2014).

Os dados abrangem resultados de 15.640 escolas de todo o país. Nelas, 1.295.954 estudantes fizeram o Enem. A divulgação dos dados de 2014 marca o terceiro ano consecutivo em que o governo federal não apresenta a média geral em formato de ranking.
O objetivo é diminuir o impacto da comparação direta entre as instituições de ensino. Além do governo, especialistas em educação apontam que o Enem é um elemento, mas não pode ser critério único para definir a qualidade de uma escola.

Melhores médias na região Sudeste
O Sudeste concentrou, mais uma vez, a maior parte das instituições com melhor desempenho na prova. Foram 70 das 100 melhores colocadas –no exame anterior, haviam sido 77.

Entre os 20 colégios mais bem posicionados, cinco estão no estado de São Paulo. Tanto Minas Gerais quanto Rio de Janeiro têm quatro escolas. Ceará tem três, Piauí tem duas e Mato Grosso do Sul e Goiás têm uma escola cada. Estados do Norte e Sul do país não aparecem na lista do "top 20".
Se avaliado o número de alunos, somente três escolas entre as 20 mais bem posicionadas têm mais que 90 alunos. A maioria tem entre 14 e 67 estudantes. A estratégia revela a tendência de formação de pequenas turmas que concentram apenas alunos de melhor rendimento.

Ituverava
Em Ituverava, a escola que conseguiu o melhor desempenho no exame, foi o Liceu Van Gogh - Anglo, instituição mantida pela Fundação Educacional de Ituverava. Os alunos do colégio alcançaram a média 601,8 pontos, considerando as notas da prova objetiva e da redação.

Com a média 591,1, o Colégio Objetivo têm a segunda média mais alta da cidade, seguido pelos alunos do Colégio Nossa Senhora do Carmo – COC com a média 575,3 e Colégio Francisco de Assis – Positivo, com 536,8.

A Escola Técnica “Professor José Ignácio de Azevedo Filho” (ETEC) e Escola Estadual “Capitão Antônio Justino Falleiros”, alcançaram respectivamente as médias 535,1 e 473,3.

Fonte: Tribuna de Ituverava

Imprimir

Colégio Nossa Senhora do Carmo (COC) realiza ação solidária

Os alunos doaram suprimentos ao Abrigo de Idosos “Comendador Takayuki Maeda”

Alunos do 6º e 9º ano do Colégio Nossa Senhora do Carmo-COC, instituição mantida pela Fundação Educacional de Ituverava, na tarde da última terça-feira, 9 de junho, entregaram ao Abrigo de Idosos “Comendador Takayuki Maeda”, alimentos, produtos de higiene e cosméticos.
Os alunos ofereceam um café da tarde aos idosos. A ação tem o objetivo estimular atitudes de solidariedade e o exercício da cidadania entre os alunos.

Cidadania
Segundo o professor Wiliian de Souza Pereira, idealizador do projeto, a iniciativa coloca em prática os parâmetros abordados em sala de aula, através do livro “Cidadania Agora”, cuja temática principal é justamente a cidadania.
“Buscamos através do projeto, despertar o sentimento de cidadania entre os alunos, e apresentar a eles outra realidade da vida”, destaca o professor Willian. O projeto prevê também visita e doações a outras entidades.
De acordo com o auxiliar administrativo do Abrigo, Emanuel Mattos Silva, as doações são importantes para a manutenção do abrigo, pois colaboram para a diminuição das despesas e melhoram as condições de vida dos idosos que residem na entidade.

“O mais importante porém é que a visita propicia aos idosos momentos de alegria, descontração e lazer. Eles sempre ficam muito felizes”, conclui Mattos.

Fonte: Tribuna de Ituverava

Imprimir

Alunos do Anglo e COC são aprovados em Medicina

Estudantes dizem que estudar no Anglo e no COC contribuiu muito para a aprovação

O curso de Medicina é, provavelmente, o mais disputado nas universidades brasileiras, especialmente nas instituições de Ensino Superior públicas.

Para serem aprovados em vestibulares os alunos devem se empenhar ao máximo, e, principalmente ter uma ótima preparação. Assim foi com alunos do do Liceu Van Gogh - Anglo e Colégio Nossa Senhora do Carmo - COC, ambas instituições mantidas pela Fundação Educacional de Ituverava, que têm conseguido tornar o sonho de muitos realidade. 

Neste ano, foram aprovados no vestibular para o curso de Medicina, os alunos do Colégio Nossa Senhora do Carmo - COC, Bruno Silva, Larissa Pianta Alves, Heder Giovani Kubata Filho e Marília F. Pacanhaela, e do Liceu Van Gogh - Anglo, Heloísa de Paula Yamaguti e Athayde Moreira Jaikin.

Após um ano de cursinho pré-vestibular no COC, Larissa Pianta Alves, 19 anos, foi aprovada na Universidade Federal de Alfenas e na Universidade Federal do Triângulo Mineiro, a qual está cursando.

Sonho realizado

Desde criança, ela tinha o sonho de cursar Medicina, e colocou sua vontade como ideal de vida. Sua mãe, Ivonete Aparecida Pianta Alves, afirma a jovem estudava 12 horas por dia. “No COC, ela ficava das 7h30 às 13h15, almoçava em casa e retornava ao colégio, onde ficava até 20h. Era uma rotina puxada, mas ela tinha certeza da profissão que escolheu”, afirma Ivonete.

O aluno Bruno Silva foi aprovado na Universidade Federal de Mato Grosso e na Faculdade de Medina de Itajuba. “Bruno tem 18 anos e estudava todos os dias, inclusive aos finais de semana. Nada fez com que ele desistisse da profissão, pois desde pequeno ele falava em ser médico”, ressalta a mãe, Valéria Silva.

Heloísa de Paula Yamaguti foi outra estudante que se destacou, não só por sua aprovação em Medicina, mas também por ter atingido a nota máxima (1 mil pontos) no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

Os alunos Heder Giovani Kubata Filho, aprovado na Universidade Federal de Mato Grosso e na Universidade Federal do Acre; Marília F. Pacanhela, aprovada na Universidade de Uberaba (Uniube) e na Facisb Baretos, e Athayde Moreira Jaikin, aprovado na Unifacef, também tiveram uma rotina de estudos bastante puxada, e afirmam que estudar no Anglo e no COC contribuiu muito para a aprovação.

Segundo o presidente da Fundação Educacional de Ituverava, César Luiz Mendonça, a aprovação de relevante número de alunos é muito importante para a instituição de ensino. “A Fundação Educacional de Ituverava se orgulha de seus brilhantes alunos pelo bom desempenho e dedicação, e parabeniza os estudantes, pais e todo corpo docente por garantirem uma educação de qualidade anos nossos jovens”, finaliza.

Alunos aprovados em medicina

Bruno Silva é filho de Edvaldo Domingos de Paula e Valéria de Oliveira Silva Paula.
Larissa Pianta Alves é filha de Amauri Ribeiro Alves e Ivanete Aparecida Pianta Alves.
Heder Giovani Kubata Filho é filho de Heder Giovani Kubata e Aparecida Elisa Guilherme Kubata.
Marília F. Pacanhella é filha de Marcos Antônio Pacanhella e Márcia Aparecida dos Santos Pacanhella.
Heloísa de Paula Yamaguti é filha de Hélvio Luis Eige Yamaguti e Hélia Cristina de Paula Yamaguti.
Athayde Moreira Jaikin é filho de Alejandro Gustavo Jaikin e Maria de Lourdes Sandoval Moreira Jaikin.

Fonte: Tribuna de Ituverava

Imprimir

Alunos do Anglo vão para 3ª Fase da Olimpíada de Física

Dois alunos do Liceu Van Gogh – Anglo, Guilherme Cavallari Bueno, do segundo ano do Ensino Médio, e Ana Clara de Oliveira Lima, 9° ano do Ensino Fundamental, foram classificados para a 3ª fase da Olimpíada Brasileira de Física. As provas desta etapa, que é a última, serão aplicadas hoje, 11 de outubro, nas cidades de São Paulo, São Carlos, Santo André, Lorena e Presidente Prudente.

A Olimpíada Brasileira de Física é promovida anualmente pela Sociedade Brasileira de Física e tem como objetivos despertar nos alunos dos Ensinos Fundamental e Médio maior interesse pela física. “Também tem o intuito de descobrir novos ‘talentos’ para a área, pois os aluno podem ser convidados para participar da equipe brasileira na Olimpíada Internacional de Física”, explica o professor de Física do Liceu Van Gogh – Anglo, João Matheus Silveira. 

“O evento, realizado nacionalmente, é divido em três fases. A primeira, que foi dia 22 de maio, foi nas próprias escolas e serve de eliminatória para a segunda fase, realizada, dia 9 de agosto, em sedes regionais. No caso de Ituverava, os alunos poderiam ser direcionados para Franca ou Ribeirão Preto”, ressalta.

Alunos

Guilherme Cavallari Bueno, 16 anos, é filho do empresário Mauro Bernardes Bueno e Joana Maria Cavallari Bueno.

Ana Clara de Oliveira Lima, 15 anos, é filha do advogado Francisco Cândido de Lima Júnior e Márcia de Lima Oliveira Lima.

Segunda fase

Na segunda fase os alunos que apresentaram notas iguais ou superiores que a mínima proposta pela organização, foram classificados para a terceira fase, disputada em sedes estaduais. “Meu papel como físico e professor responsável por coordenar o evento no Liceu Van Gogh – Anglo é divulgar e incentivar os alunos a participarem anualmente da Olimpíada Brasileira de Física”, diz Silveira. 

“Desse modo, o intuito é despertar nos alunos maior interesse pela física, fazendo com que em um futuro não muito distante eles possam de alguma forma, contribuir para o desenvolvimento científico e tecnológico do país”, completa o professor.